Buscar

Não gosto do meu corpo


Será que querer colocar peitinho, bunda, engrossar as pernas, fazer academia, cuidar da alimentação, fazer dieta, pentear o cabelo, passar maquiagem, gostar de se vestir bem, tomar banho, passar perfume é doentio? O que está por trás de tudo isso?


Existe algo em todo o ser humano, que se chama VAIDADE.


É como se fosse um programa ou um conjunto de informações e energia que está acoplado em nossa consciência, ao qual, devemos lidar e aprender.


Essa tal Vaidade vai ganhando forma e vida conforme vamos crescendo. Ela se alimenta de tudo o que é externo... crenças, julgamentos, imposições da sociedade, julgamentos e conceitos.


A Vaidade é como uma semente que vai crescendo e pode dar frutos bons ou ruins e isso só vai depender de quem a conduz, que é VOCÊ. Ela está ligada ao conjunto de informações primordiais (informações que fazem a gente ser como somos) que todos nós carregamos. Ela é só mais UMA, das diversas informações que temos que lidar e aprender para transcender e evoluir.


Exemplo : Supondo que você seja uma pessoa onde a beleza e a estética sejam muito importantes para você. Consequente, sua Vaidade vai crescer com uma exigência maior com relação a tudo que é "belo" e pode tirar a sua paz. Mas afinal o que é "belo", senão apenas julgamentos e opiniões.


Agora, vamos supor uma pessoa que nasceu com características onde a beleza e a estética não são tão importantes. Nessa pessoa, a Vaidade vai ser mais diboas. Ela vai crescer de uma forma mais harmônica. Ela não vai tirar sua paz com muitas exigências. Ela vai ter uma aceitação maior a tudo que é externo.


Cada pessoa nasce com um conjunto de informações associados a ela de acordo com todos os aprendizados que ela já teve em várias vidas. Em cada vida, viemos para trabalhar certos aspectos e devagarinho vamos evoluindo existência pós existência.


E para que serve a Vaidade?


Basicamente, a Vaidade é um conjunto de informações que nos obriga a aprender e ultrapassar para evoluir... É como uma aula na faculdade, onde precisamos aprender e passar na prova.


Qual prova?


A prova da ACEITAÇÃO e da CONSCIENTIZAÇÃO de quem VOCÊ É.


Se a vaidade agir por si só, que é o que ocorre na maioria das pessoas, ela vai virar um monstro e deixará sua mente doentia. Se esse tema lhe incomoda, é sinal que a sua vaidade já virou um monstrinho e está caminhando perdida com as próprias pernas.


O nosso trabalho é trazer essa energia da Vaidade para a luz da consciência, ou seja, olhar para ela de forma amorosa e com aceitação. Devemos ouvi-lá e orientá-la... E não o contrário . Normalmente o que ocorre com a maioria das pessoas, é a Vaidade agir nas sombras. Precisamos integrá-la à consciência e retirar seu poder de dominar nossa vida e retirar nossa paz e alegria.


Esse é o nosso aprendizado e a prova pelo qual nossa Essência tem que passar para evoluir nesse aspecto.


E como fazer isso?


Só o fato de você ler esse texto, já é um grande começo.


Isso é muito fácil de fazer. Pare por uns minutos e fique observando. Apenas observe seus pensamentos, emoções e sentimentos.


Não julgue e não condene.


Você vai constatar uma coisa que vai mudar a sua vida.


Se existe alguém observando os pensamentos, emoções e sentimentos, LOGO, esse ALGUÉM não é seus pensamentos, emoções e sentimentos.


Então, a partir dessa constatação, você remove essa conexão e apego com a Vaidade e todas as suas exigências. Você coloca ela no lugar dela.


Como você estava perdido, consequentemente a Vaidade também estava.


A vaidade e VOCÊ estavam se entrelaçando de uma forma doentia. Era como uma carruagem com 2 cavalos sem ninguém para orientá-los.


VOCÊ precisa colocar ordem em casa. Assumir seu lugar na carruagem.


VOCÊ precisa sentar no trono do seu reino novamente. O seu trono está sem REI\RAINHA.


A Vaidade tem sim seu propósito e não tem nada de errado nisso. Ela só precisa ser vista e aceita, senão acaba tirando a sua paz.


E como fazer isso?


Primeiramente é ficar ciente que ela e VOCÊ não são a mesma coisa. Isso se consegue através da simples observação, como observado acima. Isso já lhe dará muito poder e essa conscientização precisa ser feita todos os dias.


No dia a dia, não tem problema nenhum querer cuidar do corpo, fazer academia, colocar silicone, cuidar da alimentação, julgar o que é bonito ou feio para você. Você só precisa entender que tudo isso não é você em Essência. Tudo isso faz parte dessa camada egoica chamada vaidade, do qual VOCÊ (Essência) precisa para sobreviver e conviver aqui nesse planeta.


Isso tudo pode ser saudável se você não depositar sua felicidade no externo.


VOCÊ já é feliz e belo por natureza. Não digo de forma externa, onde há crenças e preconceitos. Aos olhos da sua vaidade, Ego e sociedade, você nunca será 100% belo e aceito. Um dia você é bonito(a), porém se perder a saúde e se envelhecer, perderá essa beleza que é fruto de julgamento.


Então, não tem nada de errado no campo da vaidade e suas ilusões. A questão aqui é separar o joio do trigo e aceitar que tudo passa... TUDO PASSA.


DESAPEGUE-SE e ACEITE essa máxima... Tudo passa.


Aproveite, divirta-se e contemple a manifestação das formas sem neuras.


Tudo é divino. Aproveite a ilusão sem perder sua paz e alegria, pois tudo isso vai acabar um dia.


O trabalho aqui é ampliar sua consciência. Consciência do que você É e o que você não É. Consciência para aprender a ACEITAR as coisas como elas são. Consciência para se desapegar das exigências e neuras.


Com essa conscientização você acaba com esse sofrimento de não gostar de si mesmo.


Só para finalizar, pergunta que não quer calar hehe ...


Elevando minha consciência e aceitando a Vaidade como ela é, vão parar as cobranças e julgamentos tanto da minha parte quanto da sociedade?


Com certeza não. A aceitação envolve ACEITAR as coisas como elas são. O Ego das pessoas é programado para julgar, medir e tirar conclusões com base em informações, crenças e conceitos adquiridos ao longo do tempo. A Vaidade faz parte desse pacote chamado EGO. Então está em sua essência ou programação também julgar, medir e lhe enviar informações e repostas com base em suas próprias constatações. É como se fosse uma outra vida atuando dentro da gente. Cabe a você decidir o que fazer... E é nesse momento que você entende que essa Vaidade é como uma criança birrenta que precisa ser ouvida, acolhida e tratada com amor. Você não deve ignorá-la. Analise o que ela está lhe mostrando e responda de forma harmônica e amorosa. Veja o que é viável fazer ou não fazer. Converse com ela. Ensine-a. Devagarinho a paz vai se instalando e todo aquele poder doentio que ela exercia sobre você vai se equilibrando. No final das contas, tudo é colocado em seu lugar.


Espero ter ajudado um pouquinho no seu trabalho de autoconhecimento e aceitação.


Se quiser se conhecer mais profundamente, acesse o site para mais informações.


https://www.terapeutarenatojardim.com/


Se ficar alguma dúvida, coloque nos comentários.


Compartilhe se gostou :)


Abraço

Renato Jardim

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo